Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

TANTOS CANDIDATOS E TANTOS DEBATES - VOU FICAR CONFUSO!

Manuel Pereira de Sousa, 02.01.16

O Sr. Presidente discursou – foi o seu último discurso do mandato. Enquanto isso, os candidatos à sucessão de Cavaco já debatiam. O início do ano começa a fervilhar na política. Estamos perto das presidências. Este ano temos eleições. Nestas presidenciais temos qualquer coisa como dez candidatos – são muitos candidatos.

São candidatos a mais? Talvez. Num país pequeno como o nosso não me parece que se justifiquem. Falta perceber se quantidade se revela em qualidade. Pois… ultimamente a qualidade não tem sido a melhor. De qualquer das formas é a democracia a funcionar – qualquer um pode ter o seu direito a sonhar com o lugar. Tirando o Sampaio da Nóvoa, Paulo Morais, Marcelo Rebelo de Sousa, Maria de Belém, Henrique Neto – que ainda aparecem na televisão com alguma frequência -, os restantes pouco conheço ou pouco ouvi falar deles – perdoem-me a ignorância em relação aos provenientes das forças partidárias e mesmo ao Tino de Rans, por julgar que estiveram todo este tempo ofuscados. Mas, penso que não sou apenas eu a ter esta ideia – maioria dos portugueses pouco conhece ou ouviu falar de alguns candidatos.

Este mês vamos ser prendados com uma série de debates com os candidatos, que vamos ficar cheios de ouvir falar neles. São debates a mais? Sem dívida que sim. Vai ser difícil acompanhar todos porque são quase que em simultâneo e para o espectador é muito debate junto, para assimilar a mensagem que cada um pretende passar. A maior parte dos debates não serão frente-a-frente porque os candidatos concordam muito uns com os outros e acabam por confundir mais os eleitores que a esclarecer. Se muitos deles pensam o mesmo porque concorrem tantos? A finalidade de existirem diversos candidatos é porque têm linhas de pensamento diferentes uns dos outros e não igual. A terem a mesma linha de ideias como decidimos na altura de votar?

Vou tentar acompanhar um pouco a procissão que vai no adro, para tentar fazer a melhor escolha possível.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.