Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

ADEUS À FILIPA VACONDEUS

Manuel Pereira de Sousa, 07.01.15

Soube hoje ao final do dia que a Filipa Vacondeus deixou-nos e foi (perdoem-me a piada) com Deus - espero que para um mundo bem melhor que este em que vivemos.
A Filipa Vacondeus esteve sempre na minha memória desde que me lembro de ver televisão, já nos anos 80. Se me questionarem quais as receitas que me lembro do seu programa, direi que não me lembro de nenhuma, embora tenha sempre presente a imagem daquela senhora atrás da banca, de frente para a câmara da televisão a cozinhar e a ensinar os telespectadores.
Admirava a sua forma de falar para o público - tinha aquela voz de quem fala pelo nariz e sempre de uma forma muito chique. Ainda me lembro daquele gesto que fazia com as duas mãos para puxar os óculos para o sítio. Adorava aquele seu penteado, de cabelos armados que se usavam naquele tempo, em que não havia barrete de cozinheiro que lhe servisse. Adorava ver a emitação criada pelo Herman José, desde os tempos do "Tal Canal".
A única fase da D. Filipa que eu não apreciei foi quando começou a fazer publicidade aos trens de cozinha de uma marca conhecida, tipo televendas. Tudo o resto era adorável. Filipa Vacondeus era uma inspiradora de receitas baratas e simples, capaz de destornar qualquer vendedor de bimby.

Adeus Filipa! Espero que esteja em boa companhia.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.