Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

A CULTURA DA MARQUISE

Manuel Pereira de Sousa, 21.02.14
Tomo café e olho pela montra para o outro lado da rua, para os diversos prédios desta avenida Bracarense e reparo que em quase todas as fachadas há marquises - a cultura da marquise.

Sim, chamo a isto a cultura da marquise que marcou uma época na construção das habitações - talvez anos 70 e 80. Atualmente é algo que entra em desuso e está fora de moda - há movimentos contra as marquises que pululam nos prédios. Contra mim falo, que também tenho uma marquise lá em casa - e que falta que me faz - para as mais diversas utilidades como ter roupa a secar sem que os vizinhos ou os transeutes vejam o que tenho a secar - fica tão mal a roupa a secar a ser vista da rua.

As marquises foram pensadas como a alternativa também a casas pouco funcionais como lugar para guardar coisas que não podemos em outras divisões ou então como sala de estar para os dias frios e chuvosos - agora há uma senhora que passeia ao longo da sua marquise, a toda a extensão da fachada a ver as suas plantas; Sim, a marquise pode ser simplesmente para guardar as plantas.

E vocês que dizem das vossas marquises?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.