Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

ASSIM FOI MAIS UM DIA DE PORTUGAL... PORTUGAL EXISTE?

Manuel Pereira de Sousa, 11.06.12

Hoje foi mais um dia de Portugal, de Camões e das comunidades portuguesas. Um dia como o de outros anos que me parece estar a ser esquecido por muitos - será que todos sabem que feriado é este? É expectável que sim.

É tempo de pensar em o que é ser português. Ainda somos portugueses? Estamos em Portugal. Portugal ainda existe? Que perguntas parvas. Parvas? Se pensarem bem não serã assim tão parvas.

Estamos mergulhados numa crise profunda, a receber dinheiro emprestado pela Troika, que nos está a governar - emprestam dinheiro e sentem-se no direito de governar o país e fazer o que bem entender. Esses senhores que vieram de fora, que não sabem como vivemos e que necessidades este povo tem, apoia e obriga o governo a aplicar medidas que nos estão a matar - uma morte lenta e miserável. A piorar, o nosso património económico parece que está a ser entregue de "mão beijada" a investidores estrangeiros - que esfregam as mão pelos saldos fabulosos que por cá se fazem. Estamos a ser delapidados - estou a olhar para os meus bolsos e estão vazios, só lhes resta um bocado de cotão... O meu sinto já está no último furo, não sei por mais onde hei-de apertar - deve ser o sentimento de muitos que como eu trabalham, trabalham e olham para a folha de vencimento e sentem um roubo nos seus descontos.

 

Ainda existe Portugal? Ainda existem réstias da nossa cultura (?) - não temos ministério, mas uma Secretaria de Estado (devem achar que os senhores da cultura são uns boémios - mas a cultura dá dinheiro aos cofres estatais). O nosso património parece que está a ser delapidado sem dó nem piedade. A nossa identidade está a esfumar-se cada vez mais.

 

Por vezes penso se Portugal só existe de nome. Quero acreditar que as minhas perguntas parvas não passem mesmo de perguntas parvas. Quero acreditar que sou português e que o meu país existe. Sei que me cabe a mim também defender uma parte dessa identidade.

 

Viva Portugal! Viva os portugueses!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.