Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

BLOGUE DO MANEL

A vida tem muito para contar e partilhar com os demais. Esta é a minha rede social para partilhar histórias, momentos e pensamentos, a horas ou fora de horas, com e sem pés nem cabeça. Blogue de Manuel Pereira de Sousa

CANUDOS HÁ MUITOS

Manuel Pereira de Sousa, 07.07.12

Miguel Relvas tem sido dos nomes mais falados neste últimos dias - televisão, jornais e rádios, redes sociais, blogosfera e tudo mais onde circulam as massas.  À "boca cheia" por todo país tem sido um verdadeiro falatório sobre a questão do curso superior que foi tirado num ano, quando o suposto seria em 3 anos.

Bem... Nem sei bem que pensar de tudo isto, desta onda mediática que se gerou sobre um Ministro que tem andado na "boca do mundo" de uns tempos a esta parte. Arrisco-me a concordar com Jerónimo de Sousa quando diz: "Canudos há muitos". De facto há. Este é o país de muita gente com canudo - uns por mérito, outros sabe-se lá qual o tipo de mérito. O que é certo, é que há aqueles que se safam independentemente da origem e forma como tiraram o seu curso e outros que infelizmente são obrigados a emigrar, se querem ter um trabalho a ser pago a valores dignos.

 

Em Portugal ainda se valoriza o titulo de Senhor Doutor ou Engenheiro, mais que o mérito e trabalho das pessoas. Acredito que essa mentalidade aos poucos esteja a alterar e as ideias; o trabalho e o esforço seja o que compensa no mundo profissional. Não quero com isto desvalorizar quem estuda e que todos tenham a oportunidade de tirarem o seu curso, o que não invalida que se possa evitar o excesso de graus titulares como única forma de mérito e de prestigio.

A questão do Ministro e da forma como tirou uma licenciatura, assim as suspeitas criadas em tempos em relação ao ex-Primeiro-Minsitro José Sócrates, não me chocam. O que mais me choca é a forma como somos governados e a necessidade se sairmos do buraco em que estamos metidos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.