Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


O QUE FAZER À VACA E AO BURRO DO PRESÉPIO?

por Manuel Joaquim Sousa, em 24.11.12

Jumentos e bovinos estão em greve e prometem uma manifestação frente à Basílica de S. Pedro, no Vaticano, como forma de protesto em relação à recente teoria de Bento XVI – no presépio não existia nem burro nem vaca.
As figuras míticas que, ao longo de gerações e de séculos, acompanharam a Sagrada Família são desprezadas nos tempos actuais como se fossem figuras menos importantes e até inexistentes. Como é possível que a o sentimento maternal das mesmas, com a função de aquecer o estábulo onde nasceu o Menino Jesus, foi posta em causa pelo Papa?

Os fabricantes e comerciantes de presépios irão interpor uma providência cautelar contra o Papa, de forma a devolver a dignidade e importância aos animais – já que esta situação poderá provocar uma baixa das vendas e um excedente de burros e de vacas nos stocks de presépios já existentes, para venda no Natal.

Quando tanto se critica o conservadorismo da Igreja nas suas doutrinas, somos confrontados com esta mudança radical de imagem instituída do presépio – que faz parte do imaginário de muitos. Estamos perante o perigo da relatividade (?), a mesma que a Igreja Católica considera como sendo uma das causas para a decadência da sociedade?

Como vamos esclarecer as crianças que agora no presépio dispensamos o burrinho e a vaquinha? Como vou eu entender agora, que já sou crescido, que a imagem que sempre concebi do presépio alterou? O que vou fazer agora com as imagens do burro e da vaca?

Podem ver que Bento XVI criou uma série de questões existenciais em minha pessoa. Já não basta o tempo em que fui descobrindo que o Pai Natal é uma criação comercial.

O que acontecerão às piadas sobre o burro e a vaca, que partilhamos nas redes sociais, por e-mail ou SMS?

Lá no fundo acredito que, por carinho, as pessoas continuarão a ser fiéis ao burro e à vaca. Os presépios continuarão a ser como antes: musgo, ovelhas, moinho e uma série de personagens que se foram inventando para aumentar o número de figurantes e assim ter um presépio grande (alguns até com luz e carris para passar o comboio).

Gostava de perguntar a Bento XVI o que vai fazer à vaca e ao burro do Presépio da Praça de S. Pedro.

Para mim nada me demove: o presépio vai ser como antes.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Rosa Silva ("Azoriana") a 26.11.2012 às 19:45

Ah, boca santa! Tirar o burro e a vaca do presépio até é fácil mas o pior (e que deviam tirar mesmo) era esse mercantilismo do Pai Natal. Esse é que a existir tinha que ser mais novo e jeitoso, porque com a idade já não tem força sequer para descer e/ou subir as chaminés faustosas que pelo mundo se veem. Estou escandalisada com as coisas que vou lendo e que julgava intocáveis. Até acho que vai haver uma manifestação bovina e jumentina. :)
Imagem de perfil

De Manuel Joaquim Sousa a 26.11.2012 às 23:47

Bem, está a fazer-me pensar sobre o Pai Natal que coitado já tinha uma reforma merecida. Quiçá a inspiração para um artigo sobre o tema.

Cumprimentos,
MJS

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




Tags

mais tags