Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O DIÁOLOGO DO HOMEM COM O SEU PÉNIS PELA MANHÃ

por Manuel Joaquim Sousa, em 21.09.12

- Bom dia! Está tudo bem aí por baixo?
- Como todas as manhãs. Nada de diferente. E tu estás bem?
- Mais ou menos. Para ser sincero não estou muito bem.
- Dói-te a cabeça?
- Não, isso é com as mulheres em períodos específicos do mês.
- Ah! Não me lembres disso porque eu não gosto muito daquilo que as mulheres têm todos os meses. Mas, então o que tens?
- O mesmo incómodo de sempre, de todas as manhãs.
- O quê?
- Já falamos sobre isto em várias fazes da minha vida.
- Ah!!! Não estava a atingir. Estás a queixar-te por eu estar firme e hirto todas as manhãs.
- Nem mais.
- Não vejo qual é o incómodo; até te devias sentir satisfeito com o símbolo da virilidade masculina.
- Pois… é muito bonito para eu fazer ver a elas. Não é muito agradável de manhã quando quero dar a minha mijinha. Sabes bem que o teu tesão não é propriamente erótico, é mais fisiológico. Percebes?
- Claro que sim. Desculpa lá estar a dificultar o teu ato de urinar, mas são fisiologias que eu nem sempre domino. Não trabalho sozinho; essa cabeça aí em cima tem muita influência.
Digo sempre que um pénis sozinho não é tudo, apesar de muito homens pensarem isso (pensam sempre com a cabeça de baixo). Por detrás da minha beleza e do meu admirável físico, há toda uma psicologia que é preciso entender e que para as mulheres funciona de uma forma diferente.
- Essa agora! Estás a querer dizer que és um sabichão e doutorado em matéria de encantamento como as flautas que encantam as serpentes.
- Pois, se eu não fosse sabichão não provocavas as delícias nelas. Se não fosse eu o que seria de ti? Não comias.
- Está bem, está bem. Tens razão. Mas não abuses. Afinal não te trato assim tão mal.
- Por acaso não. Bem… tirando as vezes em que me escravizas e eu tenho de trabalhar em dose dupla ou tripla, posso dizer que me tratas minimamente bem. TIRANDO AS VEZES, COMO AGORA, EM QUE ME TORCES O PESCOÇO PARA MIJAR, até me estarias a tratar bem.
- Eu sei que não gostas, mas tenho de resolver isto. Da próxima mantém-te quieto e ensonado, que assim já posso fazer as minhas necessidades sem ter torcer o pescoço.
Isso, bom menino.

Autoria e outros dados (tags, etc)

subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30




Tags

mais tags