Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


QUE SE PASSOU HOJE EM PORTUGAL?

por Manuel Joaquim Sousa, em 11.06.12

Chego a casa depois de umas horas de trabalho e umas horas a praticar desporto (cansado, como devem calcular). Ligo a televisão para tentar estar a par do que se passa no meu país e o que aconteceu na "minha ausência". O que encontro? As telenovelas e nos canais de notícias (nos três nacionais - SIC Notícias, RTP Informação, TVI 24) estão a passar programas da bola.
Toca a gramar mais umas horas, para ver se à 24h há notícias do dia ou então não sei o que se passou hoje.

Pensando bem: Terá acontecido algo de especial? Hum.... Bem, deve-se ter falado da crise, da crise, da economia falida, da vida deprimida dos portugueses e por fim da crise e das secretas. Parece-me que é a novela do costume que se repete sempre.

 

Fico à espera da notícia da tão desejada retoma...

Autoria e outros dados (tags, etc)

MARIA KEIL UMA JÓIA DA ARTE PORTUGUESA

por Manuel Joaquim Sousa, em 11.06.12

A eterna menina Maria Keil morreu aos 97 anos é o título de um artigo na página da Fundação José Saramago, sobre a morte de uma grande senhora da arte e da cultura do nosso país, que trabalhou por amor à arte, nos mais variados campos.

Perdoem-me a ignorância, mas assim que me lembre, nunca ouvi falar deste nome a não ser no anúncio da sua morte. Procurei saber quem era e fiquei deslumbrado com a sua obra e todo o seu acervo deixado no nosso país.
Pode ter sido ignorância minha, falta de atenção, mas por terras do Norte este nome soa muito pouco. É pena que assim seja, que nomes de pessoas tão ilustres sejam apenas pronunciados com frequência quando morrem - será um sinal tardio da falta que nos faz? Acredito que muitos portugueses também não tenham ouvido falar deste nome e desta pessoa, nem mesmo aqueles que viajam com frequência no metro de Lisboa - lugar onde está parte da sua obra.

Continuo a dizer que em Portugal existem pessoas extraordinárias, que tornam este país rico, culturalmente rico. Existem pessoas de valor à quais deveríamos estar mais atentos.

Que vos parece?


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

ÍDOLOS: FINALMENTE ALGO EM PORTUGUÊS

por Manuel Joaquim Sousa, em 11.06.12

A Gala dos ídolos desta noite foi um sucesso porque se cantou em português - por momentos deixou-se de lado músicas estrangeiras que o público tanto gosta. Por vezes esquecemos que em Portugal existem grandes músicas, grandes músicos e grandes compositores.

A música é um elemento cultural que nos identifica. Chega de sobrevalorizar o que vem de fora sem antes valorizarmos o que temos cá dentro.

Sem duvida que as palavras de Pedro Abrunhosa são oportunas para a consciêncialização do povo.

 

Viva a música portuguesa!

 

(Ando muito patriota ultimamente. É o 10 de Junho).


Autoria e outros dados (tags, etc)

ASSIM FOI MAIS UM DIA DE PORTUGAL... PORTUGAL EXISTE?

por Manuel Joaquim Sousa, em 11.06.12

Hoje foi mais um dia de Portugal, de Camões e das comunidades portuguesas. Um dia como o de outros anos que me parece estar a ser esquecido por muitos - será que todos sabem que feriado é este? É expectável que sim.

É tempo de pensar em o que é ser português. Ainda somos portugueses? Estamos em Portugal. Portugal ainda existe? Que perguntas parvas. Parvas? Se pensarem bem não serã assim tão parvas.

Estamos mergulhados numa crise profunda, a receber dinheiro emprestado pela Troika, que nos está a governar - emprestam dinheiro e sentem-se no direito de governar o país e fazer o que bem entender. Esses senhores que vieram de fora, que não sabem como vivemos e que necessidades este povo tem, apoia e obriga o governo a aplicar medidas que nos estão a matar - uma morte lenta e miserável. A piorar, o nosso património económico parece que está a ser entregue de "mão beijada" a investidores estrangeiros - que esfregam as mão pelos saldos fabulosos que por cá se fazem. Estamos a ser delapidados - estou a olhar para os meus bolsos e estão vazios, só lhes resta um bocado de cotão... O meu sinto já está no último furo, não sei por mais onde hei-de apertar - deve ser o sentimento de muitos que como eu trabalham, trabalham e olham para a folha de vencimento e sentem um roubo nos seus descontos.

 

Ainda existe Portugal? Ainda existem réstias da nossa cultura (?) - não temos ministério, mas uma Secretaria de Estado (devem achar que os senhores da cultura são uns boémios - mas a cultura dá dinheiro aos cofres estatais). O nosso património parece que está a ser delapidado sem dó nem piedade. A nossa identidade está a esfumar-se cada vez mais.

 

Por vezes penso se Portugal só existe de nome. Quero acreditar que as minhas perguntas parvas não passem mesmo de perguntas parvas. Quero acreditar que sou português e que o meu país existe. Sei que me cabe a mim também defender uma parte dessa identidade.

 

Viva Portugal! Viva os portugueses!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930




Tags

mais tags