Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O DIA DA TERRA - FOMOS FALAR COM ELA

por Manuel Joaquim Sousa, em 22.04.13

Hoje é o dia da Terra - o Planeta que nos acolhe. Decidimos falar com ela para saber como se sente.

- Olá Sra. Terra; como se sente?
- Olá! Sinto-me um pouco velha e saturada - disse com um ar triste.
-  Então porque está assim num dia tão especial para si?

- Imagine como se sentiria se tivesse a minha idade. São muitos milhões de anos de vida e a vida aqui também cansa.
- Ora essa! Quem se cansa de viver? Nós é que gostaríamos de viver tantos anos; sentimos inveja.
- Era bom se ao menos eu vivesse com alguma qualidade, mas as maleitas são muitas.
- Não se queixe porque a senhora está boa assim como está, nota-se um ar fresco.
- Olha que não deves estar a ver bem. Eu com ar fresco (!) com tanta poluição das fábricas, das cidades e a viver com ar tão poluído dentro de mim. Como me posso sentir de boa saúde com o Homem a furar-me toda e a destruir as minhas montanhas. Qualquer dia deixo de ser redonda e passo a um planeta esborrachado.
- Não seja assim tão pessimista porque o Homem tem cuidado tão bem de si, é tudo para seu bem.
- Deve estar a gozar comigo. Alguém agora me vai passar confiança de tão mal que estou? Aqui no Sistema Solar os outros planetas, que não têm vida, gozam-me há milhares de anos por eu estar numa situação tão decadente; eu que era a jovial desta Sistema Solar.
- Ó Terra, mas isso são eles que têm inveja de si. Não lhes ligue.
- Precisava que cuidassem bem de mim, que me deixassem a ser a Terra jovem de outros tempos, em que tudo era natureza e os animais eram tão bons para mim, a vida era calma.

- Mas a juventude não dura toda a vida, tudo passa.
- Mas passa muito rápido para quem tem ainda de viver muitos anos e a ter que aguentar com a raça humana que me estraga a vida. Não há remédio que me tire estes humanos daqui. Já provoquei sismos, vulcões, incêndios, tempestades, maremotos, ciclones e nada os elimina.
- Os humanos são uma doença dura de tratar, apenas se consegue que acalmem um bocado, mas rapidamente se adaptam a tudo.
- Já tentei de tudo, mas está difícil, morrem uns quantos, mas logo nascem uns quantos. Já não aguento com mais humanos. Acho que vou secar todos os solos para que não haja mais alimentos.
- Está a pensar usar um tratamento radical que pode acabar com a sua vida.
- Prefiro. Já que o Governo não me deixa ir para reforma porque fico muito dispendioso e tem medo que eu vá pela galáxia fora sem destino.
- Vá lá! Terra anime-se um pouco. Este é o seu dia e desfrute deste Universo que é lindo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa




Tags

mais tags