Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O MEU GOSTO PELO CAFÉ

por Manuel Joaquim Sousa, em 28.02.15

Já partilhei por este blogue ou algures na blogosfera o quanto é bom tomar café e saborear ao máximo cada chávena com que me apresentam quando sento numa mesa de café - também o ambiente do espaço contribui para o gosto e a forma como é serviço é determinante. Um bom café é sempre pretexto para início de uma boa conversa, o começo de uma noite diferente com quem gostamos de estar próximos ou simplesmente uma noite igual a tantas outras, pode ser a pausa que desejamos no dia-a-dia ou simplesmente uma razão para um bom começo de dia. Estudos confirmam que 80 % da população portuguesa é consumidora de café - está enraizado. Temos variedade de marcas e tipos de café disponíveis no mercado, até mesmo para consumo doméstico - desde a tradicional moagem para as cafeteiras de filtro, pastilhas, moído para máquinas Expresso e agora em formato de cápsulas.

As cápsulas ainda não me convenceram. Ainda acho que o sabor não é o mesmo. É prático, eu sei. Gosto daquele pormenor de moer, tirar com o doseador para o manipulo, aperta-lo e colocar o manipulo na máquina. A forma com que se faço este ritual faz com que o café, ainda que do mesmo lote, possa ter sabor e intensidade diferente - fator quantidade de pó, intensidade com que se aperta, temperatura da máquina, qualidade da água, chávena mais cheia ou não. Prefiro comprar café em grão para moer lá em casa de acordo com a minha máquina. Também sou dos que aproveitam as promoções do supermercado para comprar as marcas que mais gosto, mesmo que já seja moído. Sinto um prazer quando vou à despensa de casa e olho para a prateleira repleta de café e fico a pensar qual o próximo - um Delta Angola, Colômbia, um Segafredo, um Buondi ou mesmo um Nicola. Todos têm o seu sabor único que sabe bem desfrutar. Vantagens do café em grão é o preço final de cada café, que compensam a longo prazo para quem investe numa boa máquina Expresso; vantagem de se experimentar várias marcas, sem as limitações dos formatos das cápsulas. Atenção: recomendo que se habituem a tomar sem açúcar ou adoçante para sentir o real sabor. Custa no início, mas depois não o querem de outra forma.

O café é daqueles prazeres que sinto falta quando saio do país - ainda que raras vezes. Tomara os vizinhos Espanhóis terem a mesma qualidade no café como nós. É bom o café. Dá sempre tema para uma boa conversa.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

UM CAFÉ, POR FAVOR!

por Manuel Joaquim Sousa, em 15.07.12

 



O Verão tem andado muito envergonhado, este ano - tempo fresco, noites desconfortáveis para estar na esplanada até tarde, dias encobertos para a praia. Enfim, hoje melhorou um pouco para sairmos de casa com um espírito mais positivo. (Parece que a troika também quer cortar no Verão para ficar mais barato. Enfim...)

 

Vamos lá tomar um café, numa esplanada, num sitio sossegado; se possível, em contacto com a natureza. Quem diz um café diz uma outra coisa qualquer, que nos saiba bem.

O café é aquela bebida que está na lista dos produtos indispensáveis à vida de muitos, da grande maioria. É o produto que é consumido em grandes quantidades e que em Portugal se traduz num grande costume. Por muito que se fale dos malefícios do café, na verdade, esta é uma bebida dos deuses, que me satisfaz e muito, quando é tirado com gosto, qualidade e simpatia (os mesmos requisitos quando sou eu a tirar o próprio café, lá em casa).

Uma forma de começar bem o dia, para despertar, terminar em grande o almoço ou o jantar, uma forma de fazer uma pausa ao meio de um dia de trabalho, um motivo para estar com alguém. Melhor melhor, quando tomado com tempo, enquanto saboreio a paisagem através da esplanada ou da montra do café. Enquanto bebo café, vivo um momento de satisfação, não só pelo produto em si, mas também pelo momento que este propicia.

Procuro os locais habituais em que sei que o café é tirado como eu gosto e em que a qualidade satisfaz o necessidade da cafeína. Não é por acaso que a imagem acima tem a marca Boundi - uma marca que aprecio, como também um bom Cristina ou mesmo um Sical. Não quero pôr em causa a qualidade das demais, mas gostos são gostos. Também bebo de outras marcas, porém se tiver oportunidade da escolha obviamente que opto pela que mais me satisfaz.

Meus caros leitores, também são apreciadores de um café/simbalino/bica/expresso? Existe preferência?

 

Bem... Está na hora de me decidir a tomar um café - afinal hoje ainda não tomei nenhum e depois deste artigo estou mesmo com vontade de beber um. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

subscrever feeds



Posts mais comentados


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa




Tags

mais tags