Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AS EMOÇÕES NO AEROPORTO

por Manuel Joaquim Sousa, em 15.08.16

Eu percebo. Muitos percebem. Felizmente ou infelizmente – depende da ocasião. Os aeroportos são lugares de fortes emoções – alegrias e tristezas – separadas pelos lugares de partidas e chegadas. Nas chegadas há a alegria dos que regressam para junto das suas famílias e amigos. São os locais onde aqueles que esperam estão ansiosos, inquietantes, observadores do céu até o avião aterrar. As alegrias, os festejos, os sorrisos, os abraços, os beijos e as lágrimas festivas. É a longa espera que agora se concretiza em realidade. Nas partidas estão as emoções opostas. São lugares que apertam o coração, que dão o nó na garganta e abafam qualquer palavra que se queira expressar. Nas partidas os minutos passam rápido, como se o tempo ali fosse diferente dos outros sítios. Tenta-se adiar a despedida, mas o tempo obriga ao último abraço, ao último beijo, como se fosse a despedida definitiva dos familiares e dos amigos. Tantas lágrimas são absorvidas pelo ar das partidas - está carregado delas. São famílias inteiras, de todas as idades com o mesmo sentimento. Não vale a pena ficar ali cravejado a ver a partida das pessoas que mais amamos; há que partir e deixar para trás, para que aquele nó se possa desfazer lentamente nos minutos ou horas seguintes. Não há momentos, em que os aeroportos se libertem das emoções; talvez sejam os locais mais emotivos a par dos locais sagrados ou daqueles em que se faz a despedida definitiva, para uma viagem em direção a outro lugar que não aquele que pisamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa




Tags

mais tags