Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ao caminharem pelas ruas da cidade já devem ter reparado que tudo é tão impessoal e as pessoas mal se olham umas nas outras, seguem o seu caminho na indiferença e mergulhadas na sua vida em stress.

Se virem alguém, no meio da rua, a distribuir “Abraços Grátis” poderão ficar admirados e estranhar o gesto de gente anónima para gente anónima; depois entranha-se na ideia e troca-se abraços antes de continuar a caminhada – que será feita com um ânimo diferente. Esses anónimos que distribuem abraços pelas ruas da cidade são o Diogo Rodrigues (20 anos) e o Duarte Pinho (20 anos), os mentores da campanha Free Hugs - Abraços Grátis em Portugal.

 

Free Hugs é mais que uma campanha, é um modelo de vida inspirado numa “ideia que surgiu na Austrália através de Juan Mann, em 2004”. O vídeo tornou-se “tão inspirador pelo facto de Juan ter empenhado sozinho um cartaz, numa rua de Sydney, aos olhos do preconceito”. Foi isso que motivou estes jovens a desenvolver o projeto do zero, já que “não tínhamos conhecimento de nenhuma campanha de abraços grátis em Portugal”. Mas, o que motivou mais o Diogo e o Duarte foi o facto de “ser um gesto tão simples, que certamente muda e marca o dia da pessoa que abraça um desconhecido na rua”.

 

O projeto Free Hugs – Abraços Grátis “reflete-se em campanhas onde distribuímos abraços grátis nas ruas”. Paralelamente realizam várias campanhas solidárias como recolhas de alimentos, roupa e brinquedos e visitas a lares e centros sociais. O sucesso das suas campanhas permitiu que tentassem, “bater o recorde do Guinness para "Maior Abraço do Mundo". A primeira tentativa foi em Vila Nova de Famalicão com 11,179 pessoas e a segunda em Idanha-a-Nova com 17,000 pessoas. Ambas superaram o recorde vigente que se encontra em 10,554 pessoas, mas por questões burocráticas não conseguimos bater o recorde”. Independentemente destas burocracias o projeto continua a desenvolver-se, “temos um evento mundial nosso juntamente com o Vincent Marx, Edwin Bustos e Fernando Moinho denominado "Free Hugs for World Peace", que se encontra na terceira edição e é realizado anualmente no dia 21 de setembro. Na primeira edição tivemos a confirmação de mais de 100 cidades por todo o mundo, sendo que 20 eram portuguesas”.

 

Atualmente, “Free Hugs - Abraços Grátis” estão aliados à CASA “Tudo vai melhorar”, numa campanha de rua onde três homossexuais distribuíram abraços grátis e distribuíram panfletos informativos relativos à campanha. Com isto “pretendemos marcar a nossa posição e travar a luta contra a discriminação e o bullying homofónico”.

 

Para Diogo e Duarte, o futuro deste projeto passará pela “transformação do grupo informal em associação e alargar, criando uma rede de voluntários que possa trabalhar ativamente connosco, sendo que o principal objetivo é o funcionamento como associação solidária”.
Acreditam que tudo isto é possível porque “se quisermos muito uma coisa e nos dedicarmos à mesma conseguimos realizá-la. Fazemos o que gostamos e pomos sempre o máximo de nós no mínimo que fazemos e isso leva-nos a procurar sempre mais e melhor”.


Diogo e Duarte são dois jovens que continuam a querer marcar a sua diferença na sociedade e no dia-a-dia das pessoas com um simples gesto: o abraço. Os seus testemunhos são encorajadores para qualquer um e aqui deixamos as suas palavras na primeira pessoa:

Diogo: “Este projeto, para mim, é a plena demonstração que um gesto tão simples como o abraço pode mudar a tua e a vida de outra pessoa para sempre. Põe o máximo de ti no mínimo que fazes, nunca desistas e não pares de sonhar!''

Duarte: “Partilha com aqueles que nunca ousaste partilhar e abraça-os! Aí verás que a vida começa no fim da tua zona de conforto."

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa




Tags

mais tags