Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


NÃO HÁ MEDALHAS COM CORTES A RÉGUA E ESQUADRO

por Manuel Joaquim Sousa, em 27.05.13

Rui Tavares Guedes, no seu artigo para a Visão, de 27 de Maio de 2013, refere algo que infelizmente é o reflexo da estratégia que se pretende para o nosso país – nem no desporto existe uma estratégia de mérito e excelência para os que têm conquistado alegrias para Portugal.
Se é necessário existir um corte de 20% nas verbas destinadas ao desporto de alto rendimento, o mesmo não tem de ser na mesma medida em todas as áreas do desporto, mas pode ser aplicada em função das medalhas e vitórias que os desportistas alcançam ao longo das suas carreiras. Premiar o mérito é muito apregoado pelas vozes governativas, porém parece ter um efeito prático irrelevante quando se fala na atribuição de verbas públicas.

Assim, será difícil que os méritos possam continuar a existir e a cultura desportiva para além do futebol possa ganhar força que tanto exigimos quando os nossos atletas estão nas provas internacionais.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De João Correia a 31.05.2013 às 16:50

Não posso deixar de estar mais de acordo. O que vem acontecendo com algumas Federações (p.e. esgrima) é sintomático de um Governo que não olha a meios para atingir fins (que nunca atinge, curiosamente).
Imagem de perfil

De Manuel Joaquim Sousa a 06.06.2013 às 21:54

Infelizmente são sempre cálculos mal feitos.

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2013

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa




Tags

mais tags